Archive for the Tanto faz… Category

Como assim, título?

Posted in Tanto faz..., Tudo on 24/11/2010 by reticencioso

E não há dia que se passe, sem que o mesmo passe a se passar como passara em algum dia passado…

E falando em passar, passei hoje por aqui, só mesmo pra passear…

E entre um passo e outro, passo por escuros lastros de pensamentos passados… Alguns bem passáveis. Outros, tanto execráveis, diga-se de passagem…
Assim como a chuva passadiça, que cai e esvazia a praça, no meio de uma tarde…

E agora que já terminei o passeio engajando-me nestas palavras de homem são, não hei eu de querer terminar, como se fosse este, apenas mais um texto vão…
Sendo assim, então, digo pra não desistires, seja lá qual for a questão, pois é sabido que até os pássaros, até mesmo os pequenos, também um dia passarão…

Pois, que isso me lembra de uva! Que me lembra de Baco que me lembra tabaco que me lembra de trago de whisky barato que me lembra do sapato que sempre que eu calço me faz lembrar algo que esqueço no lado do alto da mesinha do quarto. Fato! A não ser, é claro, pelo motivo de não usar sapatos. Aliás, meu único calçado é um velho tênis azul-claro, já bem gasto e desbotado. Mas que importa isso, pra quem não sabe usar cadarço? O velhinho lá da esquina, amarra o surrado conga, usando só fitas e laços…

E pronto! Fim de papo!! Êêêêêê!…….

I déssszi masuma, guinda do legal…

Anúncios

Que tal os Alpes?

Posted in Tanto faz..., Tudo on 07/11/2010 by reticencioso

My hero!

E se porventura eu me aventurasse além do estereotipado senso limitante ao exterior de meus habituais processos metódicos mentais e ocupacionais, e vagasse afora de qualquer princípio já consignado por esta redundante esfera circundante do extremo adjacente da liberdade?
Pois estou certo eu, de que chegaria a pensar sobre meu próprio julgamento exteriorizado pessoal afora de mim mesmo…
“Louco! Largou as rédeas e saltou de um pulo só! E agora, quem vai guiá-lo, pobre animal indefeso?!”
E tranco-me no quarto da casa da rua do Universo.
Suposições… Vagas divagações vagais…
Quem é quem na história? Não sei ao certo, mas louco eu não sou…
Agora vou-me embora pois deu-se a hora.
O próximo bondinho para a Lua parte em dois minutos…
—Arrivederci felas!!

Aliás… Que história?!

“As vezes da vontade de jogar tudo pro alto,
e se banhar na chuva de whisky!!”

O outro lado da faceta de um círculo bidimensional…

Posted in Tanto faz..., Tudo on 06/08/2010 by reticencioso

Olá pessoas que aqui frequentam e azarados pára-quedistas inadvertidamente desavisados…

Escrevo agora pelo motivo de não estar fazendo nada além de teclar, motivo este que se auto-remete ao caso de estar escrevendo, pois se estivesse falando, também estaria dizendo, o que implicaria no fato da relatividade não ser não-relativa, voltando ao início do ciclo de algo que não convém a pessoas de fé, até porque falta de fé na humanidade não é grandes coisa comparada a falta de humanidade na crença de fé das pessoas…

Não que isso faça parte de algum sentimento obscuro contra os atuais valores desumanizantes da declinante sociedade alienadora…

Penso mais que esteja eu sofrendo de algum leve transtorno afetivo de depressão típica bipolar primária distímica e endógena de nível quase psicótico…

Pois, como disse o velho ancião da nova montanha: Se chover no frio, neva no verão ártico e as areias se moverão nos sertões desérticos…

E retificando sobre o que teclescrivinhei, deixa pra lá…

Copos Fail…

Posted in Tanto faz..., Tudo on 26/07/2010 by reticencioso

Cópus Etérnis Fail…

Um deles… O outro quebrei faz uma semana… Ambos em misteriosos e inexplicáveis estúpidos acidentes…
Deve ser castigo… Afinal, Deus é brasileiro né… °¬¬

É Louco?!

Posted in Poemas, Tanto faz..., Tudo on 22/07/2010 by reticencioso

“Não, não é louco. O espírito somente
É que quebrou-lhe um elo da matéria.
Pensa melhor que vós, pensa mais livre.
Aproxima-se mais à essência etérea.”

Louco (Trecho)
Junqueira Freire

E é disso que estou falando…

Posted in Insanidade, Tanto faz..., Tudo on 10/07/2010 by reticencioso

Mais um dia insano, onde fiquei observando as pessoas que iam passando, enquanto cantarolava em contracanto com o pássaro de um crisanto, que depois saiu voando assoviando seu arranjo junto com o rádio de um fulano que tocava em algum canto, lembrando-me de quando ficava o tempo analisando, enquanto o mesmo ia passando quase que voando como o pássaro do canto, e passara eu pensando, a noite inteira procurando, e não achando no entanto nem sequer uma palavra, pra continuar assim rimando…

No clima da baixela!

Posted in Tanto faz..., Tudo with tags , on 21/06/2010 by reticencioso

Aah… Copa do mundo… O maioral evento futebolístico do planeta…
Casas enfeitadas, ruas pintadas, as infernais vuvuzelas e os exaltados torcedores alienados…

Eu, particularmente, não dou a mínima pra tudo isso. E nem mesmo, como podem imaginar, pra nada disso…

Claro que tem seu lado bom…
A dispensa do trabalho pra ver os jogos por exemplo.

Acho incrível – e por que não dizer também, quase apavorante – a reação de algumas pessoas ao saberem do meu inanimado ânimo para com o evento…

Melhor falar que eu estava roubando corpos no cemitério a fim de vender para dissecção em aulas de anatomia, do que dizer que estava no meu quarto ouvindo som durante o primeiro jogo…

_Mas você não é brasileiro?!!

O que, Senhor, o que responder a uma pergunta dessas?!

Agora pra relaxar, aqui vai mais um clipe maneirinho:

E bola pra frente, que isso logo passa!