Que tal os Alpes?

My hero!

E se porventura eu me aventurasse além do estereotipado senso limitante ao exterior de meus habituais processos metódicos mentais e ocupacionais, e vagasse afora de qualquer princípio já consignado por esta redundante esfera circundante do extremo adjacente da liberdade?
Pois estou certo eu, de que chegaria a pensar sobre meu próprio julgamento exteriorizado pessoal afora de mim mesmo…
“Louco! Largou as rédeas e saltou de um pulo só! E agora, quem vai guiá-lo, pobre animal indefeso?!”
E tranco-me no quarto da casa da rua do Universo.
Suposições… Vagas divagações vagais…
Quem é quem na história? Não sei ao certo, mas louco eu não sou…
Agora vou-me embora pois deu-se a hora.
O próximo bondinho para a Lua parte em dois minutos…
—Arrivederci felas!!

Aliás… Que história?!

“As vezes da vontade de jogar tudo pro alto,
e se banhar na chuva de whisky!!”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: